BioEssência – Óleos essenciais, óleos vegetais e hidrolatos

Óleos Essenciais . Cosméticos Naturais . Bem estar Pessoal

- DESDE 1999 -

4.02.2012

FUNCHO (Erva Doce) – Foeniculum vulgare var. dulce

FUNCHO- ERVA DOCE Considerado capaz de oferecer proteção contra o mal, o funcho era uma das nove ervas sagradas dos anglo-saxões. Os soldados romanos comiam o funcho para ter boa saúde e as sua esposas comiam-no para prevenir-se contra a obesidade. No século IX, o imperador Carlos Magno declarou que era uma planta essencial em todos os jardins imperiais.

Uso do FUNCHO – Aromaterapia no dia a dia

Tem uma ação desinfetante e tônica, principalmente na pele sem viço, oleosa ou enrugada.

Pode ajudar a curar hematomas e a estancar hemorragias.

Confere força e coragem e é bom para a auto-estima. Acalma o sistema nervoso.

Pode ajudar na indigestão, flatulência e diarréia, principalmente se associadas à tensão nervosa.

Pode ser útil no caso de perda de peso, em virtude do seu teor natural de estrogênio. Pode ajudar a equilibrar o metabolismo, mas também pode estimular o apetite (use sempre externamente).

Bom para ciclos menstruais irregulares e problemas de menopausa. Pode ser de utilidade nas dores menstruais, sintoma pré-menstrual e em casos de exaustão, especialmente quando provocada por excesso de atividade física.

Pode ajudar a estimular o fluxo de leite materno.

Serve para combater soluços, náuseas e vômitos.

Como diurético, pode ser útil para reduzir a celulite e a retenção de líquidos.

Sendo anti espasmódico e expectorante, ao  ser inalado pode ser de utilidade em casos de constipação, tosse, asma e bronquite.

Pode ser usado para remover o veneno de picadas de insetos.

Um excelente desintoxicante após abuso na comida e na bebida.

Um bom tônico para o sistema digestivo, o fígado, os rins e o baço.

Curiosidades e Usos Através dos Tempos

  • Era muito popular entre os antigos chineses e hindus, que o usavam como antídoto contra mordeduras de cobras.
  • Os egípcios, os chineses, os indianos e os gregos usavam-no para obter vida longa, coragem, poder e força.
  • Os gregos deram-lhe o nome de marathon, derivado de maraino, que significa “emagrecer”.
  • Os atletas gregos mastigavam sementes de funcho para obter vigor e força, e os gladiadores romanos usavam-no na comida pelas mesmas razões.
  • Na Inglaterra medieval, era conhecido como fenkle e acreditava-se que era capaz de afastar os maus espíritos.
  • É tradicionalmente usado para fortalecer a vista e um ingrediente básico do gripewater.
  • Tem a fama de afastar os maus pensamento dos outros.
  • Nas preparações farmacêuticas é chamado “codex”.

Aroma adocicado que lembra o aniz. Purificador do organismo. Elimina as toxinas decorrentes do excesso de alimentação e bebidas. Indicado para os casos de obesidade, retenção hídrica e celulite. Regulador do sistema hormonal e glandular. Alivia os sintomas da TPM e menopausa. Indicado para drenagem linfática

Cuidados e precauções: Usar sempre diluído, usar em baixa concentração. Manter fora do alcance de crianças. Evitar o uso durante a gravidez, em epilepticos e pele sensível.

Bibliografia
The A to Z of essential oils – E.Joy.Bowles / Barron´s.
The Illustrated Encyclopedia oh ESSENTIAL OILS – Julia Lawless / Element
Aromaterapia para uma vida Saudável – Clare Walters / Konemann.

A BioEssência não se responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. Em casos graves ou em casos de dúvida procure orientação de um médico.


Receba novidades por e-mail

Cadastre seu email abaixo para receber textos e promoções:
Bioessência . Dúvidas . Loja Virtual
DoDesign-s Design & Marketing